Logo Checktudo

Checktudo - Blog

Antes de comprar é melhor consultar
restrições financeiras
15 de fevereiro de 2019

Conheça as principais restrições financeiras de veículos

No artigo anterior falamos sobre as principais restrições judiciais de veículos. Neste texto iremos explicar as restrições financeiras, que impedem qualquer transação com o veículo.

Alienação Fiduciária

O financiamento consiste em transferir a posse do veículo para a financeira para garantir a quitação da dívida. O credor toma o próprio bem em garantia, de forma que o comprador, apesar de ficar impedido de negociar o bem com terceiros, pode usufruir dele. O veículo passa para o nome de seu comprador após o financiamento quitado.

Leasing

Conhecido também como arrendamento mercantil, o leasing é como um aluguel de carro que o banco faz, mas que deixa a opção de compra do veículo no final desse prazo. Então, se você assina o contrato do leasing, terá a posse do veículo e poderá usá-lo pagando uma parcela mensal por isso.

Reserva de Domínio

A reserva de domínio ocorre quando o vendedor tem a garantia de propriedade do veículo vendido a prazo, até que ele seja pago integralmente, momento em que será transferida a propriedade do veículo para o comprador.

Baixa de Gravame

Quando um veículo é comprado pela modalidade de financiamento, o banco como forma de garantia daquela operação realiza a inclusão da restrição de Gravame apontando para todos que aquele veículo é de propriedade daquela pessoa física ou jurídica, mas não em sua totalidade. Ou seja, ele nos alerta que aquele proprietário possui uma dívida com aquela instituição financeira.

Assim que o financiamento é quitado o banco deve realizar a baixa do gravame de forma automática dentro do período de até 10 dias úteis.

Restrição administrativa

A restrição administrativa é um registro inserido pelo próprio Detran para veículo se transferência de propriedade, e tem o intuito de ajudar na fiscalização de veículos vendidos e que não foram transferidos para o novo proprietário dentro do prazo legal de 30 dias.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of