Logo Checktudo

Checktudo - Blog

Imagem representativa do tema SPVAT.
27 de maio de 2024

SPVAT: novo seguro oferece proteção a vítimas de acidentes de trânsito!

O DPVAT voltou. Agora com novo nome – SPVAT – e custo maior, o seguro obrigatório para proteção de vítimas de acidentes de trânsito retorna em 2025, após três anos de suspensão.   

Com valor atualizado, a taxa será encaminhada para o fundo federal de indenização de vítimas de acidentes de trânsito e deve beneficiar, principalmente, motoboys e motociclistas.   

Mas o que é DPVAT?  

Criado em 1974, o antigo DPVAT tinha a finalidade de indenizar vítimas de acidentes de trânsito, independente de quem fosse o responsável.  

O seguro era obrigatório e pago de maneira anual pelos donos de veículos terrestres juntamente com a primeira parcela do IPVA – caso o proprietário fosse isento do imposto, o DPVAT era pago junto com o licenciamento. 

Entenda o funcionamento do SPVAT 

O retorno do seguro obrigatório de veículos terrestres (DPVAT) foi sancionado e publicado no Diário Oficial da União (DOU) com algumas alterações em relação ao antigo DPVAT.   

Segundo o texto publicado, o novo DPVAT “tem a finalidade de garantir indenizações por danos pessoais relativos a acidentes ocorridos no território nacional”.   

Ou seja, o seguro passará a cobrir indenizações por morte, invalidez permanente, total ou parcial, além do reembolso das despesas com assistências médicas, serviços funerários e reabilitação profissional das vítimas.   

Com o objetivo de garantir que todas as vítimas de acidentes de trânsito recebam uma compensação justa e rápida, o SPVAT é essencial, principalmente para motociclistas – que são mais vulneráveis a acidentes graves.   

Quem deverá pagar o SPVAT?   

O novo SPVAT será incluído no licenciamento ou IPVA e é de contratação obrigatória para todos os proprietários de veículos terrestres, ou seja, se você tem um carro, moto, micro-ônibus ou caminhão, deverá pagar o seguro.   

Quanto custará?

Custando 10 vezes mais que o anterior, o novo SPVAT deverá ficar entre R$ 50 e R$ 60 e irá variar de acordo com o tipo do veículo.   

O aumento servirá para cobrir indenizações retroativas, pois a Caixa Econômica Federal parou de pagar indenizações por escassez de fundos monetários em 2023.  

Leia também:

Qual será a penalidade para quem não pagar o novo DPVAT?

Aquele que não fizer o pagamento do seguro obrigatório para proteção de vítimas de acidentes de trânsito não poderá fazer o licenciamento e nem circular em vias públicas com o veículo.  

Quem tem direito às indenizações do SPVAT?  

Toda e qualquer pessoa vítima de um acidente de trânsito terá direito à indenização do seguro obrigatório para proteção de vítimas de acidentes de trânsito.  

O pagamento será feito em favor tanto da vítima quanto do cônjuge ou da pessoa a ela equiparada e aos herdeiros da vítima em até 30 dias após o acidente.  

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Quer saber mais sobre como nossas soluções podem ajudar o seu negócio?

Preencha os campos abaixo e vamos te ajudar!

A infinidade de dados veiculares, antifraude e localizaçação de pessoas para potencializar o seu negócio