Logo Checktudo

Checktudo - Blog

Antes de comprar é melhor consultar
oq preciso para revender carros
7 de outubro de 2019

Guia prático para revender carros

Quer começar a revender carros? Confira a documentação do comprador e do veículo que não pode deixar de verificar

O mercado de automóveis é um mercado que cresce e ganha mais espaço a cada dia. Por isso, revender carros pode ser um negócio lucrativo.

Para entrar nesse mercado de automóveis, é importante que o empreendedor valorize a execução de algumas tarefas e saiba que investir no negócio é imprescindível para alcançar o sucesso da sua revenda e torná-la uma referência.

Antes de montar sua revenda e iniciar suas atividades, é necessário que você conheça o mercado de usados.

É através desses conhecimentos básicos que você saberá quais modelos e tipos de veículos deverá vender, tudo isso de acordo com a localização da sua revenda.

É importante também lembrar da parte burocrática. Assim como qualquer outra empresa, é necessário que seu negócio esteja legalizado. Ou seja, deve procurar um contador e providenciar alvarás com a prefeitura da cidade que estará localizada sua loja, criar um CNPJ e contratar funcionários de acordo com as leis.

Além do processo de abertura da sua loja, é necessário que sempre verifique a documentação dos veículos que está adquirindo para revender. Você pode fazer isso contratando um serviço de consultas veiculares.

Também é essencial não esquecer de pagar os impostos que os veículos geram enquanto estiverem sob os cuidados de sua loja.

Como comprar um veículo para revender?

Ao escolher um carro para revender, é importante valorizar alguns critérios, dentre eles os modelos, a quilometragem, se tem algum defeito, estado de conservação, etc.

É necessário fazer uma análise de quais modelos são os mais procurados e mais rentáveis para revenda de acordo com o perfil de seus clientes para que seu negócio lucre cada vez mais.

Quais documentos do comprador preciso solicitar?

Ao revender um veículo, é importante fazer uma análise de crédito previamente com o objetivo de saber se o comprador é também um bom pagador, evitando que tenha prejuízos quanto ao não recebimento do valor do veículo.

Entretanto, é necessário que solicite uma série de documentos que garantirão o processo de transferência para finalizar a venda do veículo.

Veja abaixo quais documentos precisará solicitar ao comprador:

  • Carteira de habilitação e documentos de identificação como RG e CPF (cópia e original);
  • Comprovantes de endereço dos últimos três meses em nome do comprador ou de algum parente de primeiro grau;
  • Declaração de residência assinada e reconhecida em cartório + comprovante de endereço (em caso de não ter comprovante de endereço no próprio nome ou em nome de algum parente de primeiro grau).

Quais documentos do veículo preciso ter para revendê-lo?

Para revender um veículo, é importante que toda a sua documentação esteja de acordo para que o processo seja finalizado junto ao Detran.

Veja quais são os documentos necessários para isso:

  • Cópias do formulário Renavam;
  • Certificado de Registro do Veículo (CRV) preenchido pela sua empresa e com firma reconhecida em cartório tanto do vendedor como do comprador;
  • Número do chassi do veículo com duas cópias tiradas através de etiquetas que ficam atrás do formulário do Renavam;
  • Comprovante de débitos vinculados ao Renavam (importante não ter débitos);
  • Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo;
  • Comprovantes de pagamento do IPVA, licenciamento;
  • Comprovantes de pagamento de multas (se houver).

De antemão, antes de comprar o veiculo para revender, faça a consulta para saber se o veiculo não é clonado ou roubado!

Clique aqui para consultar a procedência de um veiculo, na versão paga e grátis.

Após levantar todos esses documentos, é necessário que faça a comunicação de venda junto ao Detran (esse processo pode ser realizado através da internet).

Revender carros e comunicar ao detran!

Primeiramente, a comunicação de venda tem impacto direto na saúde do seu negócio. Fazendo a comunicação no prazo correto, sua revenda não corre o risco de ser punida por infrações de trânsito, acidentes com vítimas fatais ou utilização de veículo para a prática de delitos.

Além disso, após a comunicação, deverá agendar a vistoria veicular para que seja emitido um novo CRLV com os dados do comprador do veículo.

Ver também: Cuidados necessários com o contrato de compra e venda de veículos

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of